Alunos da Academia Cidade Confisco visitam Serra da Piedade

Cerca de 140 alunos da Academia da Cidade fazem aulão de ginástica na Serra da PiedadeFoto: Aline Paiva

Alunos da Academia Cidade Confisco visitam Serra da Piedade

31/10/2017 | 13:29 | atualizado em 31/10/2017 | 15:42

Promover saúde e contribuir para melhoria da qualidade de vida são os principais objetivos da Academia da Cidade. Além do incentivo à prática regular de atividades físicas, os alunos participam de atividades de interação e lazer. 

 

No dia 17 de outubro, um movimento diferente aconteceu  na Serra da Piedade, localizada em Caeté, a 51 km de Belo Horizonte, conhecido atrativo turístico por suas montanhas e caráter religioso. Além de realizar um tour pelos principais pontos do local, os 145 alunos da Academia da Cidade Confisco fizeram um aulão de ginástica a 1.746 metros acima do nível do mar.

 

Educadora Física da Academia, Aline Paiva explicou que o objetivo foi possibilitar aos alunos a oportunidade de conhecer a Serra e de ter momentos de lazer e socialização. A professora contou que, à medida que frequentam as aulas de ginástica na Academia, as amizades vão surgindo e os alunos acham importante interagir fora do local onde as aulas acontecem. “Sempre que saímos com eles para atividades externas, percebemos claramente a alegria e o encantamento de conhecer novos lugares e pontos turísticos”, contou.

 

Aluna da Academia da Cidade Confisco há três anos, a costureira Iracema Costa, 52 anos, ficou entusiasmada. “O passeio foi maravilhoso. Desde que entrei para a Academia, as professoras sempre planejam algo diferente pra gente. Só tenho a agradecer tanto empenho para nos proporcionar momentos especiais”, disse. 

 

Na Academia da Cidade Confisco são 326 participantes. Há sete anos, Sandra do Carmo Lifonso, 50 anos, frequenta as aulas da academia e ressalta a importância da interação promovida por este tipo de atividade. “Nosso passeio para a Serra da Piedade foi muito bom. O mais importante é que esses passeios nos ajudam a interagir com nossas amigas da Academia. Gosto muito desses momentos”, disse.

 

Os passeios são realizados de acordo com a disponibilidade de tempo e recursos dos próprios alunos. A professora Carolina Rodrigues acha importante proporcionar atividades diferenciadas e se empenha muito na organização dos passeios: “Temos procurado agregar esses momentos de lazer às nossas atividades pois sabemos que alguns de nossos alunos e alunas não tem oportunidade de fazer esses passeios sozinhos.” Para Aline Paiva, o resultado é  gratificante: “Eles ficam agradecidos e nós também”, disse.

 

Saúde sem custos

Desenvolvidas pela Secretaria Municipal da Saúde desde 2006, as Academias da Cidade em Belo Horizonte são boas opções para quem deseja melhor qualidade de vida sem gastos financeiros. Os locais mais comuns para essa prática são os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). Atualmente, há 76 unidades em funcionamento na cidade.

 

As atividades são realizadas de acordo com a necessidade e condições físicas de cada pessoa, por isso, antes do início das aulas, os usuários passam por uma avaliação física com um profissional de Educação Física para que seja direcionado ao treinamento mais adequado. As atividades realizadas visam à melhora do condicionamento cardiorrespiratório, consciência corporal, flexibilidade, força e coordenação motora geral, por meio de ginásticas, danças, jogos, esportes, lutas e caminhada orientada.

Fonte: prefeitura.pbh.gov.br/noticias/alunos-da-academia-cidade-confisco-visitam-serra-da-piedade

admin

Um texto sobre min....