Centros de Saúde recebem tiras para medição de glicemia


Centros de Saúde recebem tiras para medição de glicemia

22/06/2017 | 18:05 | atualizado em 04/07/2017 | 19:10

Estarão disponíveis, a partir da próxima segunda-feira, dia 26, nos centros de saúde da capital, 500 mil tiras para medição de glicemia. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira, dia 22, pelo prefeito Alexandre Kalil e pelo secretário municipal de Saúde, Jackson Machado.  O material foi comprado em caráter de urgência e vem para suprir um déficit deste insumo, visando à regularização da distribuição aos portadores de diabetes atendidos na Rede Municipal de Saúde de Belo Horizonte. “Nós falamos com a população que iríamos providenciar e está resolvido. As fitas serão entregues ainda nesta quinta-feira, às 17h, na Secretaria de Saúde. Não vai faltar mais e espero que não falte nenhum remédio, pois a população não merece este tipo de coisa”, afirmou o prefeito. 

Ainda segundo o prefeito, a compra foi feita dentro de valores muito menores que os propostos em licitações anteriores. “O pregão foi feito por R$ 1,29 e nós compramos a fita por R$ 0,65. Nós fizemos um contrato emergencial e compramos 500 mil tiras, o que segundo o secretário dá para um mês”, explicou Kalil.   

Além dessa compra, no próximo dia 4, a Prefeitura de Belo Horizonte vai realizar um novo pregão eletrônico para adquirir mais tiras para medição de glicemia a serem distribuídas nos centros de saúde da capital. Essa será a segunda tentativa do ano realizada pela Secretaria Municipal de Saúde para ampliar o fornecimento desse insumo no controle da diabetes. “Temos um processo muito demorado e, apesar de termos resolvido em partes os problemas de insumos e medicamentos, houve novamente um atraso na licitação das tiras de medição. Houve um preço demandado igual a três vezes o valor de mercado das tiras e obviamente nós não concordamos em pagar esse valor. Um segundo pregão foi a solução encontrada e, a partir do dia 4 de julho, esperamos ter tudo isso regularizado”, disse o secretário de Saúde.

 

Recursos Municipais

De acordo com a legislação vigente, a disponibilização de tiras de glicemia é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES) que repassa recursos para compra desses insumos aos municípios. No entanto, a quantidade definida em protocolo pela SES para compra desse material específico não é suficiente para atender à demanda real dos pacientes portadores de diabetes em Belo Horizonte.  

Atualmente, o governo estadual repassa verba que corresponde à compra de 3 milhões de tiras por ano. No entanto, são necessários 9 milhões de tiras por ano, para suprir a demanda. Essa diferença de 6 milhões de tiras é assumida pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em compra adicional feita com recursos próprios do município.

Fonte: prefeitura.pbh.gov.br/noticias/centros-de-saude-recebem-tiras-para-medicao-de-glicemia

admin

Um texto sobre min....