Guarda Municipal realiza treinamento com Exército Brasileiro

Cerca de quinze membros da Guarda MUnicipal realizam treinamento sob orientação do Exército. Foto: Divulgação PBH

Guarda Municipal realiza treinamento com Exército Brasileiro

26/09/2017 | 18:09 | atualizado em 21/03/2018 | 14:24

Agentes de grupos especializados da Guarda Municipal de Belo Horizonte (GMBH) participaram, nesta terça-feira, dia 26, de aulas práticas que concluíram o curso “Garantia da Lei e da Ordem”, ministrado por militares do Batalhão de Polícia do Exército Brasileiro (BPE). A instrução foi realizada no Centro de Treinamento Treme Terra, na região da Pampulha.

 

Com a participação de 80 guardas municipais, o curso teve como objetivo capacitar os agentes para atividades especializadas de controle de distúrbios e de policiamento em eventos de grande porte. O treino teve início na segunda-feira, dia 25, com aulas teóricas realizadas no Auditório JK, na Prefeitura de Belo Horizonte.

 

Na etapa de hoje, os guardas municipais conheceram técnicas de formação e comando para intervenção em tumultos coletivos. Teve destaque o uso correto da força tática, com treinamento para o emprego de armamentos químicos de efeito moral: bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e granadas de luz e som (que desorientam e distraem o alvo ao emitir um forte estouro, seguido de um flash de luz, usadas normalmente em resgates de reféns ou em contenção de rebeliões).

 

 

Reações e efeitos

 

Segundo o tenente do Exército, Tiago Chacon, responsável pelo treinamento prático desta manhã, é fundamental que os guardas municipais saibam como funcionam os armamentos químicos e quais são as reações físicas causadas por eles, para poderem utilizá-los da forma correta e no momento certo. Para isso, foram criadas algumas situações controladas, como a câmara de gás, onde os agentes tiveram contato direto o com o gás lacrimogêneo e o spray de pimenta.

 

Sob o comando do sargento Leandro Eduardo, da 4ª Companhia do Batalhão PBE, e munidos de escudos e bastões, os guardas municipais aprenderam também técnicas de escolta, ataque e defesa. “A atuação na vida real é única e não permite corrigir erros. Por isso, faço questão de valorizar cada movimento e repetir cada ação aqui, até que os alunos assimilem de fato a técnica”, destacou o militar.

 

Para finalizar o curso, todos os guardas foram submetidos a uma simulação de conflito, com uso de bombas de efeito moral e granadas de luz e som. Os agentes que participaram do curso pertencem a equipes especializadas da GMBH, como o Grupamento de Emprego Especializado (GEESP) e o Grupamento de Fiscalização da Ordem Pública (GFOP), que são acionados em ocorrências de maior complexidade, como prevenção a invasões, ações de fiscalização urbana e ocorrências com maior nível de periculosidade.

Fonte: prefeitura.pbh.gov.br/noticias/guarda-municipal-realiza-treinamento-com-exercito-brasileiro

admin

Um texto sobre min....