PBH entregou obra na comunidade Madre Gertrudes

Diretor presidente da Urbel, Claudius Vinicius Leite Pereira, junto a técnica da Urbel e três moradores da comunidade Madre Gertrudes junto ao muro de contenção.Foto: Divulgação PBH

PBH entregou obra na comunidade Madre Gertrudes

30/11/2017 | 16:08 | atualizado em 26/12/2017 | 12:51

A comunidade do bairro Madre Gertrudes, região Oeste da cidade, recebeu nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro, na rua Sideral, uma obra que eliminou diretamente o risco geológico para 35 famílias que estavam na parte alta e na parte baixa de uma encosta com alto risco de deslizamento. A intervenção foi realizada pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel).

 

A obra foi executada por meio do Participear, uma das modalidades de atendimento do Programa Estrutural em Áreas de Risco (Pear). O Participear é um processo que capacita representantes comunitários para indicar obras de pequeno e médio porte com o objetivo de reduzir o risco geológico. Por meio dele, os voluntários dos Núcleos de Defesa Civil de Belo Horizonte (Nudec) indicam as intervenções de risco necessárias na vila. Depois de analisarem e discutirem de forma democrática as indicações, os núcleos selecionam e encaminham as demandas para a Diretoria de Risco e Assistência Técnica da Urbel. As obras podem ser realizadas por mutirões comunitários e/ou pelos contratos de manutenção, mas devem atender a demandas coletivas.

 

Segundo o engenheiro da Urbel, José Roland Pessoa, que acompanhou a obra no bairro Madre Gertrudes, são cerca de 2 mil m² de área de encosta tratadas, com contenção, rede de drenagem e condução de água pluvial. As voluntárias Rosângela Alves da Silva e Jandira Cristina Alves da Silva, mãe e filha, mostram o resultado da conquista com orgulho, e contam que muita coisa mudou na vida das pessoas que sofriam constantemente com a ameaça de deslizamento da encosta. “Temos muitas histórias de moradores chamando a gente de madrugada pra ajudar a sair de casa porque estava descendo terra. Além do barranco, aqui também tinha árvores, bambuzais, muita cobra, rato e lixo. Foram muitos escorregamentos e a água descia trazendo lama, sujeira e bichos pra dentro da casa das pessoas. Tirei muita lama da casa de vizinho. Um dos meus maiores sonhos era arrumar esse barranco e agora está aí”, conta Rosângela.

 

A moradora Neli Rosa Pimentel é aposentada e conviveu com esta situação de risco durante 20 anos. Ela, seus filhos e suas irmãs construíram suas casas em um lote que fica no pé da encosta. Hoje, ela agradece o fato de poder deitar na cama e dormir sossegada depois das contenções. “Aqui pedia socorro era noite e dia. Quando chovia eu ia pra perto da máquina de lavar o ficava tomando conta do barranco. Uma vez ele caiu e tampou toda a escada da minha filha. Saí correndo e gritando. Graças a Deus estamos livres da terra agora. Fizeram um grande serviço aqui pra nós. Agora não precisamos nos preocupar”, comemora.

 

Para a voluntária Jandira Cristina, esta e outras obras do Participear são oportunidades de melhorar a condição das famílias dentro das comunidades. “Eu acredito que isso que a gente está vendo aqui hoje é qualidade de vida para todos”, conclui.

Fonte: prefeitura.pbh.gov.br/noticias/pbh-entregou-obra-na-comunidade-madre-gertrudes

admin

Um texto sobre min....