Venda Nova celebra o patrimônio com atrações culturais

Fachada do Centro Cultural Venda Nova durante o dia. Foto: Glênio Campregher/PBH

Venda Nova celebra o patrimônio com atrações culturais

03/08/2017 | 10:53 | atualizado em 10/08/2017 | 15:24

A Fundação Municipal de Cultura apresenta no Centro Cultural Venda Nova, de 8 a 12 de agosto, a 2ª edição da Semana da Memória e do Patrimônio Cultural. O objetivo é discutir e refletir sobre a questão da memória e do patrimônio cultural, contribuindo para o fortalecimento e a valorização das identidades locais. O evento conta com uma programação especial repleta de atrações culturais diversas. Todas as atrações têm entrada gratuita. 

                                                                                                  

O tema escolhido para a celebração neste ano foi “afeto”. A ideia é ressaltar este sentimento do centro cultural pela região de Venda Nova. Para isso, serão promovidas diversas atrações culturais, tais como exposição de fotos, rodas de conversa, exibição de vídeo comentado, oficinas e até brincadeiras para crianças. Um dos destaques da semana será a celebração do aniversário de 10 anos do Centro Cultural Venda Nova, que acontece no dia 12 de agosto, com uma série de apresentações artísticas.

 

Para Aline Tavares, gestora do Centro Cultural, a Semana da Memória e Patrimônio Cultural consolida uma programação que remete à identidade cultural brasileira, mineira, belo-horizontina e vendanovense. “É um momento em que nos situamos enquanto comunidade e nos conhecemos, a fim de entender nossa realidade e nos orgulhar de nossas origens”, completa.

 

2ª Semana da Memória e do Patrimônio Cultural

De 8 a 12 de agosto

Centro Cultural Venda Nova (Rua José Ferreira dos Santos, 184 – Jardim dos Comerciários).

ENTRADA GRATUITA

Informações para o público: (31) 3277-5533

 

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

Dia 8 de agosto, terça-feira

9H – Abertura da exposição de fotos “Uma década do Centro Cultural Venda Nova: memórias, pessoas e perspectivas”. A exposição exibe fotos do acervo do CCVN que foram tiradas ao longo desses 10 anos de atividades no Centro Cultural.

 

14h – Jogos de Tabuleiro: encontro lúdico com BH, com Henrique Willer. Com 26 vagas disponíveis, os participantes terão a oportunidade de jogar dominó e quebra-cabeças além de conhecerem os principais pontos turísticos de BH.

 

19h – Roda de Prosa e Capoeira – Patrimônio Imaterial Brasileiro, com o professor Jabuti. O povo negro, a capoeira e o Brasil: uma história de gingado e resistência.

 

Dia 9 de agosto,quarta-feira

9h – Vídeo comentado: Patrimônio Imaterial, com Henrique Willer.

 

14h – Roda de Conversa: “Pampulha Patrimônio da Humanidade: o que você precisa saber sobre isso?”, com Janaína França. Há um ano a Pampulha conquistou o título de Patrimônio da Humanidade. Mas o que, de fato, a cidade de Belo Horizonte ganha com essa obtenção? Esta e outras questões serão levantadas e debatidas por Janaína França, atual gestora da Casa Kubitschek.

 

14h – Oficina de Encadernação: Memórias entre Linhas, Bordados e Histórias (parte I), com Sabrina Damas. Os participantes terão a oportunidade de aprender técnicas e construirão seu próprio caderno inteiramente artesanal e personalizado.

 

20h – Oficina: Mapas de Memórias e Afetos de Venda Nova, com Caroline Craveiro e Henrique Willer. Você vive ou já viveu em Venda Nova? Então, em cada lugar desta região você pode ter vivido emoções, dores e amores. Venha identificar seu afeto por Venda Nova nesta oficina.

 

 

Dia 10 de agosto, quinta-feira

14h – Oficina: Mapas de Memórias e Afetos de Venda Nova, com Caroline Craveiro e Henrique Willer.

 

14h – Oficina de Encadernação: Memórias entre Linhas, Bordados e Histórias (parte II), com

Sabrina Damas. Construa seu próprio caderno com técnicas artesanais e depois escreva suas histórias mais importantes e da maneira que imaginação te levar.

 

19h – Fórum Regional da Igualdade Racial, com coordenação de Nádia Alves (SARMU-VN). A resistência do povo negro que não só fez história na constituição da região, como foi, também, protagonista desta.

 

Dia 11 de agosto, sexta-feira

14h – Oficina de Stencil em Porcelana: lugares de Venda Nova, com Sabrina Damas e Antônio Salgado. Os 25 participantes aprenderão a técnica do stencil e após a oficina poderão levar pra casa suas próprias peças.

 

19h – Roda de Prosa e Capoeira – Patrimônio Imaterial Brasileiro, com o professor Jabuti. O povo negro, a capoeira e o Brasil: O Maculelê.

 

Dia 12 de agosto, sábado – Aniversário de 10 anos do Centro Cultural Venda Nova

10h – Dança: Lembrança de um Corpo Ancestral – com Cia Motumbá

O espetáculo representa a transição entre o passado e o presente, evidenciando toda a ancestralidade e memória advinda da diáspora dos dois continentes. As danças são inspiradas nos laços identitários entre África-Brasil, abordando a diversidade das culturas, a ecologia do sagrado, a força da natureza e seus elementos, além dos movimentos e corporeidade senegalenses e toques bantos.

 

10h – Brinquedos e Brincadeiras, com Paula

As crianças poderão brincar das mais diversas formas, dentre elas as tradicionais, como: pular corda, carrinho de rolimã e balanço.

 

11h – Show: Trio Elas e o Violão, com Carol Diamante, Marli Lemos e Had

As músicas abordam elementos da cultura brasileira, fazem referência a clássicos da dramaturgia e possuem forte alusão às obras de escritores como Guimarães Rosa e Lima Barreto.

 

13h30 – Festejo dos 10 anos do Centro Cultural Venda Nova

Dinâmicas de grupos, jogos de perguntas e respostas sobre a história de Venda Nova e relatório de prestação de contas. Ao final, o grupo iniciará o planejamento das metas para os próximos 10 anos do CCVN.

 

17h – Show Banda Revolução – Gravação de DVD ao vivo

A banda mostra suas novas canções no EP “O Mito da Alegria Tropical”. Inspirados pelo contexto do país, eles escreveram o “Hino Brasileiro Sincero”, que mescla ritmos e fala algumas verdades sobre o país, brincando um pouco com os versos do hino oficial. A música une funk, sertanejo, rock e pagode com uma letra épica. O show terá tradução em libras simultânea e ao vivo, além da participação do projeto beneficente “Amando o Próximo”, que leva alimento semanalmente para pessoas em situação de rua no centro de BH. Haverá, também, uma campanha para arrecadação de alimentos e roupas para o projeto.

Fonte: prefeitura.pbh.gov.br/noticias/venda-nova-celebra-o-patrimonio-com-atracoes-culturais

admin

Um texto sobre min....